Ana Garcia: Minha vida foi destruída pela fibromialgia

Ana García: Mi vida ha quedado destrozada por la fibromialgia
Meu nome é Ana, trabalho como auxiliar de ajuda a domicílio e em 2011 começaram os sintomas mas o médico que eu tinha por isso que achacaba um mi obesidade, por muito que o decício que não era por mi sobrepeso. Él solía repetirme anda, adelgaza, que te ira bien.

Assim estuve três anos acorrendo infinito de circunstâncias médico médico de cabecera, inclusive uma urgência porque me daban uns dolores no peito que parecem que eu ia um dar um infarto, outras vezes um poder de mover e voltando a dizer isto que adelgazara pero sin hacerme ningún tipo De pruebas.

Cansada cambié de médico. O novo médico pode ter sido Fibromialgia, já que tem os mesmos sintomas. Realizou-se as experimentações com 12 pontos de 18. Mas como os dolores continuaram o pedi que me mandase o traumatologist e mim diagnosticou uma trocanteritis.

Tampoco me hicieron ninguna prueba. Al poco tiempo acudi a um traumatologista de pago e do sítio acertado com o que tinha, por isso fiz uma radiografia, tive duas vértebras que me faziam impossível dar um passo. Me diagnosticó poliartrosis y estenosis medular, aparte de que estaba perdiendo fuerzas nos membros superiores e inferiores.

De hecho agora mim diagnosticado um periartritis, inflamando-se nos músculos de braço. Mi vida ha quedado destruído, por lentitude la do diagnóstico, porque o corte que mandam um especialista e quando o fazem tardan em darte cita e durante essa espera, aumentan o se agrava as patologias.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!