24 coisas que ninguém fala sobre quando vem a ter o Fibromialgia

24 coisas que ninguém fala sobre quando vem a ter o Fibromialgia

Um monte de informações surge quando você Google “fibromialgia” – sintomas associados, opções de tratamento e afins. É provavelmente semelhante ao que um médico pode dizer a alguém recentemente diagnosticado. Mas muitas coisas não são mencionadas – coisas que você pode não saber a menos que você tem fibromialgia ou ama alguém que faz. E mesmo assim, como é verdade com muitas doenças crônicas, há coisas que as pessoas que têm apenas não falar.

Pedimos que as pessoas com fibromialgia em nossa comunidade para compartilhar uma coisa não falou muitas vezes quando se trata de ter esta doença. Cada resposta oferece mais informações sobre esta doença mal compreendida – e, espero, aumenta a conscientização e defesa no processo.

1. “Há uma falta de conhecimento sobre a fibromialgia na comunidade médica.” – Kayleigh May Meek

2. “Pode afetar negativamente a vida sexual de uma pessoa e problemas de relacionamento podem surgir por causa disso. Descobri que esta é a parte mais isoladora do diagnóstico. “- Alison Taylor

3. “É muito mais do que ter que aceitar não se sentir bem ou ter que tomar medicação. Independentemente do interesse ou motivação, ele reduz a sua vida eo que você pode fazer, e quais metas você pode definir e, finalmente, muda como você se vê. “- Mary Lynne Mountjoy

4. “É uma doença crônica real. Não é algo que os médicos dizem aos pacientes apenas porque não sabem qual é o verdadeiro problema. “- Lexi Potter

5. “Haverá dor mesmo após o tratamento e mudanças de estilo de vida. É dor crônica. Ele pode ser gerenciado, mas não curado. Flare-ups irá ocorrer como uma surpresa no rosto. “- Nikki Albert

6. “Impacta sua capacidade de seguir seus sonhos de carreira, de interagir da maneira que você quer com seus filhos.” – Stacy Schofield Adkins

7. “Fibromialgia não joga justo. As pessoas fisicamente mais fortes não superam, infelizmente. Você tem que se tornar mais esperto e aprender seus limites. “- Julie Garver

8. “É uma doença progressiva e parece piorar a cada ano para mim. Além disso, tanto é culpado sobre ele uma vez que você começa um diagnóstico que outros problemas que realmente não são a fibromialgia ficar perdido. “- Janet Secord

9. “Fibromialgia é diferente para pessoas diferentes. Meu fibro significa que meus pés frequentemente sentem que estão queimando e eu tenho que usar os blocos de gelo neles, mas meu amigo com fibro tem sempre pés gelados e tem que desgastar meias grossas, mornas e usar os pés quentes banhos. A única semelhança é que nenhum de nós regular ou própria temperatura corporal muito bem. Este não é um único tamanho de diagnóstico, e não há um único-size-fits-all tratamento. “- Joanne Purewal

10. “Ninguém fala sobre o estresse que ele coloca em relacionamentos. A incapacidade de ser capaz de fazer as coisas que você ama, bem como manter a casa limpa. “- Echo Shifley

11. “O medo. É incrivelmente assustador ser diagnosticado com uma doença que metade da profissão médica não acredita, não sabe o que causa e não sabe como corrigi-lo. É realmente assustador não estar no controle de seu próprio corpo. Eu não tenho nenhuma idéia porque faz metade das coisas que faz. A coisa mais assustadora é que eu nunca sei se meus sintomas são fibro ou algo mais sinistro. Tenho muito medo de que um dia eles vão descobrir algo terrível que foi explicado por fibro. “- Kathleen Hughes

12. “Dor e fadiga é apenas a ponta do iceberg. Afecta literalmente tudo! “- Winifred Kakouris

13. “É tão imprevisível. Um dia eu posso estar me sentindo muito bem e realmente fazer algumas coisas, e no dia seguinte eu vou acordar sentindo como eu fui atingido por um caminhão. Alguns dias eu preciso de uma bengala, alguns dias eu preciso de um andador, alguns dias eu não consigo mesmo sair da cama. “- Vanessa Blevins

próxima página

Pages: 1 2

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!